terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

"O grande problema de São Paulo é não se chamar Corinthians"(Juca Kifouri)


Bom, dando continuidade do último post sobre felicidade, não posso deixar de falar sobre o time do Parque São Jorge. Dentre tantas dúvidas que permeam meu pobre pensamento, ser corinthiano é umas das poucas certezas que carrego comigo. Com todo respeito aos outros times, o sentimento de ser conrinthiano é algo que extrapola qualquer tipo de sentimento racional, não basta "ser" corinthiano, tem que "sentir-se" corinthiano. E o que faz o corinthiano "sentir-se" corinthiano??? Não é ganhar Libertadores, não é ser campeão invicto do Campeonato Paulista, ter um um jogador como Ronaldo no seu elenco, ser Campeão Brasileiro, da Copa do Brasil, campeão Mundial....Sentir-se corinthiano é comer coxinha frita e tomar Cynar na rodoviária, é sentar-se na mesa de um boteco - de preferência daqueles bem vagabundos - e relembrar não o Campeonato Brasileiro de 90, a Copa do Brasil de 95, ou o Paulista de 2009, mas sim os gols e jogos Memoráveis como o de Basílio em 77, o de Viola em 88 ou mais do que isso...é Relembrar de craques como Luizinho, Zé Maria, Basilio, Rivelino,Dr. Sócrates, é relembrar a Invasão Corinthiana em 76....e o que falar sobre a gloriosa época da Demoracia Corinthiana ....Enfim como diz a música "ser corinthiano é ir além de ser ou não ser o primeiro, ser corinthiano é ser também um pouco mais brasileiro..." Bom pra terminar, aproveitando o Centenário do Time do Parque São Jorge, deixo aqui minha singela homenagem ao um dos maiores músicos paulista e que, assim como o Corinthians, também completa 100 anos em 2010...um valinhense e corinthiano de coração....Adoniran Barbosa ( aaaaaaahhhhhhhhh esse detalhe de ser valinhense créditos a uma de tantas pessoas que amo - Heloísa, ou simplestemte Helô...rs)


Meu amor é o timão

como é bom ser alvi-negro
ontem, hoje e amanhã
respirar o ar mistura
do Tietê a Tatuapé
lá no alto a velha Penha
Da Anchieta e Bandeirantes
Ver São Jorge lá na lua
Abençoando a fazendinha
Onde mora um gigante
Tem igreja e tem biquinha

Corítia, Coríntia
Meu Amor é o timão
Corítina, cada minuto
Dentro do meu coração

Belém, Vila Maria e Moóca
E São Paulo extensão
ogi, Guarulhos, Itaquera
Tudo vibra coringão
É o corítia de nóis tudo
É Paulista é campeão

Um comentário:

Heloisa disse...

Nossa, Rod, agora tu me fez chorar. Brigadão! E é isso: viva o Timão, viva o "maloqueiro saudoso" e por falar em centenários, viva Nöel! É nóis...Bjosssss